Buscar
  • clara ceribelli

A cura pela dor do coração

Um dos sintomas mais característicos de uma "crise de ansiedade" é a dor no peito e isso tem explicação. Primeiro, devemos olhar pra esse acontecimento com outro nome, já que "crise de ansiedade" é um termo médico arranjado por aqueles que não sabem explicar as razões reais desses tipos de fenômenos. Gostaria de chamar de "crise de interiorização". Esse termo eu aprendi em um dos livros mais transformadores de toda minha vida, chamado "Vencendo o Pânico Sem Drogas", do psicólogo brasileiro Luiz Delfino Mendes. Esse livro é um verdadeiro tratamento de auto cura e eu jamais imaginaria um psicólogo tradicional explicando uma coisa dessa com tanta profundidade espiritual. Na época que eu li, não foi por problemas com ansiedade, eu li porque tinha intensas "crises de raiva", se é que posso chamar assim, em que eu entrava num estado extremamente caótico, um surto realmente, em que a raiva tomava conta de mim e eu simplesmente não sabia como processar e também não sabia como colocar pra fora... era como uma panela de pressão explodindo pra dentro! Eu me sentia desmoronando e entrando em colapso, bem difícil de explicar. Não imaginei que o livro pudesse me ajudar porque pelo título supomos que é específico pra quem tem síndrome do pânico, mas a verdade é que esse livro serve pra QUALQUER tipo de emoção exacerbada, patológica ou não... seja ansiedade, pânico, tristeza, raiva... qualquer coisa! O que ele ensina é a entrar em contato com essas sensações e processa-las através do corpo, vencendo assim, qualquer tipo de crise emocional, incluindo as de pânico. Descobri inclusive através dessa leitura que esse é o único jeito de lidar com as emoções e é por isso que nós seres humanos somos tão imaturos emocionalmente, porque basicamente, não sabemos sentir! Por inúmeras razões fomos desde cedo aprendendo a sufocar emoções e a nos distrair delas, e esse acumulo ao longo dos anos leva aos mais diversos transtornos e desordens, físicas, mentais, emocionais e espirituais. E as pessoas estão tão acostumadas a viver nesse estado constante de pressão e infelicidade, que se tornou normal. Cada vez mais e mais pessoas tomando remédios psiquiátricos porque ninguém sabe o que fazer com as próprias emoções. A verdade é que não existe remédio pra emoção. A única cura é aprender a senti-las e libera-las pra que elas não fiquem presas dentro de você. E de acordo com o que aprendi com o livro e depois comecei a experienciar na prática, a "crise de ansiedade", vulgo crise de interiorização, é na verdade uma tentativa do próprio corpo de auto regulação e uma GRANDE oportunidade de cura. São as emoções procurando espaço para serem sentidas, processadas e liberadas, e isso está totalmente ligado com o nosso coração porque é o nosso centro energético e espiritual de amor. O amor não pode estar num lugar ocupado por tristezas, rancores e raivas, por isso, para que haja cura e abertura do coração, ele deve ser limpo. Crises de ansiedade são uma verdadeira expansão do chacra cardíaco, tão forte que sentimos no corpo físico! Quer maior prova de que está tudo interligado? Você literalmente sente a dor no seu corpo! Por sorte eu havia lido esse livro quando eu mesma comecei a entrar num processo intenso de abertura do chacra cardíaco. Faz um pouco mais de um ano que comecei a ter muitas "crises de ansiedade", coisa que eu nunca tinha tido, e eu sei muito bem que é por um processo de evolução espiritual. Como já sou terapeuta e já havia lido o livro, estava "preparada". Isso não diminui a dor nem a dificuldade, mas faz com que eu saiba atravessa-las. E minha maior prova de que é realmente uma liberação espiritual, é que como alguém que já faz desdobramento multidimensional constantemente, eu comecei a perceber o quanto de acessos MUITO PROFUNDOS eu tinha através das crises. Liberação de memórias de vida passadas e visões de outras dimensões me mostrando o que estava sendo limpo e uma carga muito intensa no meu corpo de novas informações. É como se através da crise eu estivesse sendo "atualizada" e por isso o nome crise de interiorização é perfeito, porque quando começa, eu sei que eu PRECISO ficar sozinha, fechar meus olhos e sentir. As pessoas sofrem mais e começam a desenvolver os reais problemas quando elas resistem, quando elas não querem sentir esse desconforto, querem fugir deles, querem continuar fazendo as coisas aqui fora... mas é impossível fugir. É como se realmente seu próprio coração estivesse te obrigando através da dor a "vir pra dentro" e liberar o que está querendo sair. Não necessariamente todo mundo vai ter visões e acessos, isso depende do nível de entrega e desenvolvimento da pessoa, mas o que acontece é você sentir o desconforto no máximo possível até que você sente ele "sair"... é como um processo de "digestão emocional e espiritual". E tanto é verdade que sempre que acaba, eu não estou sentindo mais dor alguma e nenhum desconforto. Pelo contrário, me sinto muito mais liberta e extremamente em paz. Quanto maior a redenção, maior a cura. Precisamos urgentemente como humanidade reaprender a SENTIR, literalmente sentir tudo através do nosso corpo! Assim poderemos nos purificar cada vez mais das nossas próprias energias de baixa vibração e nos tornarmos receptáculos maiores de luz e amor. Então agradeça, se seu coração está doendo é porque ele está crescendo. Escute!!! Tenho um vídeo no youtube em que falo sobre isso em mais detalhes:

Crises de ansiedade: a cura através do amor - YouTube E é claro, para realmente entender, LEIA O LIVRO!


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo